31 de agosto de 2006

36 semanas

As noites têm sido duras. Entre insónias e almofadas, a noite parece a dança do vira, sempre com o calor a acentuar o grau de desespero que por vezes atinjo. Para agravar a situação, durante o dia não quero dormir, na esperança de assim conseguir ter uma noite de sono melhor e faço um esforço para me manter bem disposta, apesar de estar naquele estado constante de rabujice e de pouca paciência seja para o que for (e para quem for).

Hoje consegui permanecer na cama até às 11 horas, o que é um grande progresso e sinto-me significativamente melhor.

Pelo meio das insónias, finalmente parece que encontrámos casa. Menos uma preocupação. Quer dizer, agora vêm as outras. Perco-me a desenhar o que vai ficar aqui e acoli, a tirar medidas e a estudar as várias hipóteses de encher o ninho, o que me dá um verdadeiro prazer.

A Teresa tem imensos soluços. Posso dizer que os sinto quase todos os dias. Não sei se será normal, tenho de averiguar.

Agora só irei trabalhar em Fevereiro. Não estou habituada a estar desocupada e ando meio perdida. É bom, mas há este desajuste que está a pedir um plano de acção. Mais cedo ou mais tarde entro no ritmo.

Aqui fica o registo de uma espreguiçadela da Teresa :)

5 comentários:

Raquel disse...

A minha barriga está imensas vezes assim...às vezes até dói...

Miaua disse...

Bem, linda já estás em casa, a descançar e não nos encontramos para partilhar as nossas barriguitas.
Mas descança, que a Teresa está quase a vir conhecer os papás!
O Diogo também adora o jogo dos formatos, a minha barriga fica super engraçada!Até consigo perceber perfeitamente os pézitos dele, temos feito um montão de filmes com as transformações da barriga!
Bjs muitos grandes

mimiko disse...

É tão giro ver a barriga aos altinhos. Nunca consegui fotografar a minha assim...
Talvez no próximo!!!!

mimiko disse...

Aproveita para dormires quando tens sono independentemente de ser dia ou noite, porque depois da Teresa nascer não vais ter muito tempo. Eu já me arrependi de não ter dormido dias de seguida!!!! Por mais que nos digam só depois é que nos apercebemos de como tinham razão!!!!

Ana Pacheco disse...

Tks!